Uncisal concede título de Doutor Honoris Causa e comenda Ib Gatto

Uncisal concede título de Doutor Honoris Causa e comenda Ib Gatto

Eduardo Almeida

A Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal) concedeu, nessa quarta-feira (13), as mais altas honrarias acadêmicas a dois docentes da instituição. Uma cerimônia realizada no Auditório Djalma Brêda, no prédio-sede, marcou a entrega do título de Doutor Honoris Causa ao médico Marco Antônio Mota e da Comenda Ib Gatto Falcão a familiares da professora Cristina Câmara, que faleceu em março.

Os dois tiveram suas trajetórias profissionais e contribuição à Uncisal reconhecidas pelo Conselho Universitário, que realizou uma sessão extraordinária para homenageá-los.

Na oportunidade, Cristina Câmara teve sua trajetória acadêmica ressaltada pela professora Maria do Carmo Borges Teixeira. Câmara ingressou na instituição em 1989 e ocupou cargos como o de diretora do Hospital Escola José Carneiro; de presidente da Câmara de Ensino Superior do Conselho Estadual de Educação; de coordenadora da Comissão Própria de Autoavaliação; e de diretora do Centro de Tecnologia da Uncisal.

Após receber a Comenda Ib Gatto Falcão do reitor Henrique Costa, um dos filhos da professora, Fernando Ítalo Câmara de Castro, destacou o legado de Cristina Câmara não apenas como professora, mas sobretudo como mãe. “Ela se dedicava à Uncisal com bastante afinco, como pode ser visto pela sua trajetória acadêmica, mas era, sobretudo, um exemplo para os filhos”, afirmou ao público Fernando Ítalo.

TÍTULO DE DOUTOR HONORIS CAUSA

A concessão do título de Doutor Honoris Causa ao médico Marco Mota teve início com um elogio público do médico Celso Amodeo, que se formou com o homenageado na primeira turma da antiga Escola de Ciências Médicas de Alagoas. Amodeo viajou de São Paulo para participar da outorga de título e destacou a trajetória profissional de Marco Mota.

Coube ao reitor Henrique Costa conceder o título de Doutor Honoris Causa, que foi seguido pela vestimenta da beca e da samarra – utilizada apenas por doutores – e do capelo. As vestes foram colocadas pelos professores da Uncisal André Falcão Pedrosa Costa, Laís Zau Serpa de Araújo, Jassen Lemos Calaça e Luís Fernando Hita.

Em seu discurso, Marco Mota agradeceu as homenagens e ressaltou que o título de Doutor Honoris Causa recebido surge para coroar sua trajetória profissional. O médico destacou o crescimento da Uncisal desde o período em que comandou a instituição e, bem humorado, afirmou que, apesar da vasta experiência, não conseguiu conter a ansiedade.

Após a cerimônia, o reitor Henrique Costa destacou a vida profissional dos homenageados e lembrou que a instituição tem por dever reconhecer aqueles que fizeram e fazem parte de sua história. “É importante reconhecer quem contribuiu para que a Uncisal seja hoje a universidade que é. Temos que reconhecer, sobretudo, em vida o trabalho de profissionais abnegados, que se dedicam à instituição”, ressaltou o gestor.

dezembro 14, 2017 · Não é possível comentar
Publicado  em: banner, Noticias  Por: Tiago Nogueira